Menu Fechar

Programas de Formação-Ação

Associação Promotora

Associação ATLBC – Centro de Investigação Aplicada para a Inovação e Sustentabilidade em PMEs

ADECE – Associação para o Desenvolvimento de Consultoria Aplicada à Ciências Empresariais

Organismo
Intermédio
(coordenação)

Agência para a Competitividade e Inovação, I.P (IAPMEI, I. P.)

AEP – Associação Empresarial de Portugal

Objectivo

Estes programas pretendem contribuir para o reforço de competências para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, através de:

  • Aumento da qualificação específica dos trabalhadores em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas;
  • Aumento das capacidades de gestão das empresas para encetar processos de mudança e inovação;
  • Promoção de ações de dinamização e sensibilização para a mudança e intercâmbio de boas práticas:

As intervenções incluem a disponibilização de serviços na vertente de formação (em sala) e de consultoria (on the job) atuando assim a dois níveis:

  • Ao nível dos formandos: desenvolvimento de competências nas diferentes áreas de gestão, dando resposta às necessidades de formação existentes (formação elegível no âmbito do cumprimento do Código do Trabalho);
  • Ao nível da empresa: aumentar a produtividade, a capacidade competitiva e a introdução de processos de mudança/inovação nas empresas.

Temas

1 - Economia Digital
2 - Internacionalização

1 – Gestão Comercial e Marketing
2 – Internacionalização
3 – Economia Digital

Metodologia das intervenções

Programa Academia de PME

Duração da intervenção: 12 a 14 meses

Formação para um quadro superior da empresa: 119 horas de formação em regime interempresa, distribuídas por 8 workshops de 14 horas (2 dias) com um intervalo médio de 1.5 meses e 1 workshop final de 7 horas (1 dia)

Consultoria: 90 horas de consultoria individualizada por PME, distribuídas por 30 sessões na empresa ao longo da intervenção

Temáticas: “Economia Digital” e “Internacionalização”

Programa Formação PME

Duração da intervenção: máximo 24 meses

Formação: 75 a 100 horas de formação*

Consultoria: 100 a 150 horas de consultoria individualizada por PME*

Temáticas: “Economia Digital”, “Internacionalização” e “ Gestão Comercial e Marketing”

* as horas de formação e consultoria dependem da dimensão da empresa

 

Duração das intervenções (datas de inicio e fim previstos)

 

Consulte-nos ainda hoje para tomar conhecimento mais detalhado de cada um dos programas e garantir desde já uma reserva para a sua empresa (inicio das intervenções em Setembro 2019). Indique-nos o(s) programa(s) que mais lhe interessa, bem como o(s) tema(s), por forma a podermos enviar informação mais detalhada e a indicação dos documentos necessários para a constituição do processo de pré-adesão. Salientamos que essa pré-adesão não envolve um compromisso em definitivo, tendo apenas de ser confirmado após a aprovação da candidatura pelo Portugal 2020.

 

Destinatários

 

 

- Micro, pequenas e médias empresas, produtoras de bens e serviços transacionáveis e/ou internacionalizáveis, ou que contribuam para a cadeia de valor dos mesmos.

Regime de financiamento

 

 

- Programa sem custos diretos para as empresas participantes

- Regime de Auxílios de Minimis
O apoio a conceder tem a contribuição do FSE limitada a 90% das despesas elegíveis excluindo as remunerações dos activos empregados em formação durante o período normal de trabalho, conforme previsto na alínea f) do n.º 1 do art.º 50.º do RECI.
- Comparticipação Privada
A comparticipação privada no âmbito dos projectos de formação-acção promovidos pela ATLBC será assumida pela Associação, a título de serviços prestados aos seus associados.
- Valor médio da intervenção 4.000€ (valor indicativo)

- Programa sem custos diretos para as empresas participantes

- Regime de Auxílios de Minimis
O apoio a conceder tem a contribuição do FSE limitada a 90% das despesas elegíveis excluindo as remunerações dos ativos empregados em formação durante o período normal de trabalho, conforme previsto na alínea f) do n.º 1 do art.º 50.º do RECI.
- Comparticipação Privada
A comparticipação privada no âmbito dos projetos de formação-ação promovidos pela ADECE será assumida pela Associação, a título de serviços prestados aos seus associados.
- Valor médio da intervenção (valores indicativos):
Microempresa: 7000€ | Pequena Empresa: 10000€ | Média Empresa: 16000€

 

 

Obrigações das entidades destinatárias

 

- Disponibilizar as informações necessárias ao desenvolvimento e prossecução do Projeto;
- Participar com assiduidade e disponibilidade em todas as ações de formação e consultoria consideradas necessárias para a intervenção a realizar, identificando no arranque da intervenção os participantes alocados às ações de formação e consultoria a desenvolver;
- Nomear um responsável pelo Projeto, membro da gestão ou com reporte direto à mesma;
- Colaborar em todas as atividades de avaliação promovidas no âmbito do Projeto;
- Participar no trabalho desenvolvido pela Associação, nomeadamente, validando os vários documentos produzidos (Estudos, Inquéritos e Relatórios);
- Comunicar atempadamente toda a informação (e fornecer a respectiva documentação de suporte) considerada necessária para a imputação de encargos com as remunerações dos activos empregados em formação/consultoria durante o período normal de trabalho.

 

Spread the news
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •